Pages

Casa Grande



Casa Grande expõe uma família classe alta falida. Chama muita atenção a alienação familiar que é incapaz de enxergar com os próprios olhos o que se passa externamente. Com o exagero temos a caricatura sem clima de denúncia onde os personagens são desenvolvidos numa carapaça de inocentes.
Em pleno século XXI a Casa Grande tem os resquícios do Brasil colônia. O país mudou muito mas porém ainda há uma classe que sente saudades das capitanias hereditárias.
O filme ecoa no nosso mundo contemporâneo, na verdade, um tanto atabalhoado, como um adolescente que está descobrindo o mundo e nunca levou um tapa na cara.

Diário de uma Busca



Flavia Castro investiga a morte do pai que morreu de forma misteriosa nos anos 80 em Porto Alegre. 
O filme é uma grande homenagem ao pai que lutou durante muitos anos contra a ditadura e nunca colheu os louros pela batalha. 
A filha em sua narrativa cronológica procura entender o pai que não compreendeu enquanto conviveu com ele. Entre pai ausente e um combatente político ficamos com a segunda opção. Temos a oportunidade de rever a situação cruel que passava o Brasil e digerimos a necessidade que algo precisava ser feito contra a ditadura.  
Flavia nunca deixa de ser a filha de Celso. Ela assume a posição e isso faz toda a diferença no documentário. O filme torna-se mais delicado, mais próximo do espectador. Como se a diretora desse a cara para bater para o público. Ao expor sua intimidade temos a impressão que Flavia expõe toda a sua fragilidade humana diante de um mundo bastante conturbado.  
O documentário é uma oportunidade para rever a história da ditadura, principalmente dos exilados que foram obrigados deixar o país na busca de um Brasil melhor.  

Força Maior



Força maior é um teste. Diante de uma catástrofe o que é revelado de um pai? É durante umas férias, no seio de um momento familiar e sob a força de uma avalanche que o pai não só se revela mas como se desmancha. As carapaças sociais, comuns no cotidiano não resistem em frente ao desespero.
A fragilidade humana não é privilégio de poucos. Alias, quase ninguém escapa do desfiladeiro da tragédia. Nas férias das crianças, estamos diante de um teste, o que realmente somos, olho no olho com o perigo?

Mercado de Notícias

Desde a invenção da imprensa, a lógica é a mesma, o dono do jornal quer lucro. Para obte-lo ele faz as mais variadas artimanhas para colocar a informação à venda de acordo com o seu próprio interesse. Isso não quer dizer que não haja bons jornais, bons jornalistas. Pode se experimentar um bom prato sem conhecer os ingredientes, mas conhecendo-os o prato talvez não seja tão bom assim e se conhecer a cozinha em que foi feito aquele prato ou modo de preparo a opinião pode mudar novamente.




O documentário procura destrinchar o mecanismo muitas vezes sórdidos de construir notícias. Ele é presente, atuante, conhecido pela categoria e perpetua ao longa da história.

Relatos Selvagens



A selvageria afasta qualquer racionalidade. Distante do humano somos piores que os animais.
Na disputa entre os irracionais não há vencedores. Todo mundo tende a perder.

Os calos eram nas mãos

Usou os sapatos que tinha ganhado do amante. Usou de forma vingativa ao seduzir outro. Sentiu prazer na cama, vingança cumprida. Sapatos jogados fora. No escritório, a dor no pé era intensa e passou o dia sentada. 


Quinta feira depois do aniversário


Acordou cedo, visitou toda a família se gabando das imperfeições da vida. Almoçou como um rei. Achou graça do arroto do afilhado. Engasgou com uma cocha de frango. Internado no hospital em estado grave promete entrar no regime semana que vem.